Os Jogos da Primavera são um verdadeiro show do desporto escolar ao longo das suas 39 edições, tornando-se uma competição marcante na vida dos participantes e no cenário esportivo sergipano. Mesmo aqueles que não seguiram a carreira como atletas têm boas histórias para compartilhar. 

Em 2023, além das tradicionais categorias A (12 a 14) e B (15 a 17 anos), os jogos oferecem uma oportunidade para crianças com idades entre 8 e 11 anos, com o acréscimo da categoria infantil. Desde a última quinta-feira, dia 1º, os Jogos da Primavera realizam as competições de badminton e ginástica rítmica. 

As competições do badminton e parabadminton estão acontecendo no ginásio de esportes da Universidade Federal de Sergipe (UFS), em São Cristóvão, reunindo os 670 atletas inscritos. Já a ginástica rítmica, acontece na quadra do Instituto Dom Fernando Gomes (IDFG), em Aracaju, com as mais de 390 inscritas para as provas com mãos livres e aparelhos.

Stella Gomes, é atleta iniciante de badminton e participa dos Jogos da Primavera representando o Colégio Estadual Ivo do Prado. “É minha primeira vez nos Jogos da Primavera, já competi em Itabaiana, mas aqui é novo. Mesmo assim, estou confiante que vou ganhar”, acredita a atleta.

A professora Acácia Telles, no badminton há 12 anos, fala da adaptação que as crianças adquiriram na modalidade. “Esse ano nós estamos participando do badminton na categoria 11 anos pela primeira vez, os meninos são novos mas tiveram uma excelente adaptação na modalidade e estão amando. Eu atuo como professora de badminton desde quando iniciou os Jogos da Primavera, e desde então, estou presente em todos. Tenho certeza que faremos excelentes jogos”,  afirma.

Wendel Ribeiro, coordenador geral dos Jogos da Primavera e vice-presidente da Confederação Brasileira de Badminton, fala sobre a expectativa para as disputas na modalidade e da participação da categoria infantil. “Esse ano tivemos muitas novidades boas nos Jogos da Primavera, uma delas foi a inserção de crianças de 8 a 11 anos nas disputas. Já tivemos a estreia delas nos jogos e foi ótimo. Estou contente por termos um quantitativo bom de crianças se descobrindo no esporte, sobretudo no badminton. Novos talentos virão e torço para Sergipe ser o berço também do Badminton no futuro”, disse.

A secretária de Estado do Esporte e Lazer, Mariana Dantas, convida os sergipanos para assistir e torcer pelos jovens atletas que estão participando dos jogos, que seguem até o dia 17 de junho. 

“Os Jogos da Primavera são a maior competição de desporto escolar do estado de Sergipe, por isso, estamos trabalhando para que os jogos cresçam cada dia mais, adicionando novas modalidades e categorias, para promover experiências aos nossos atletas, pois é construindo uma boa base esportiva que descobrimos grandes campeões. Os sergipanos podem incentivar esses atletas indo assistir às competições”, convida a secretária.

Programação

Neste final de semana, os Jogos da Primavera realizam as competições de triathlon, na Orla Por do Sol, vôlei de praia, no Clube da Caixa, e ginástica artística, no Coesi.

Related Articles